sexta-feira, 2 de julho de 2010

Assunto Importante!!!


Saiba quem é autor da lei que permite tortura e sacrifício de animais em rituais religiosos:
O Deputado Edson Portilho, do PT do Rio Grande do Sul, teve a desventura de criar um projeto de lei que permite que os animais sejam torturados e sacrificados em rituais religiosos.
O parlamentar, sabendo que os protetores dos animais se manifestariam, fez a seguinte trama: marcou a apresentação para votação da lei num dia de julho, mas fez um chamado urgente e marcou a reunião às pressas, mais cedo. Os únicos avisados foram os demais deputados. Ou seja: não havia defesa.
Os animais não tiveram oportunidade de ter pessoas que os representassem. Quem poderia responder por eles? E aconteceu o que mais temíamos: houve 32 votos contra os animais e apenas 2 a favor. Os animais agora poderão ter olhos e dentes arrancados e cortados em vários pedaços para fazer o tal Banho de Sangue. Os animais que não servem mais para o ritual são mortos a sangue frio, conscientes e sem qualquer anestesia.
Por isso, vamos garantir que o deputado nunca mais consiga se reeleger. Divulgue, para que Edson Portilho não se eleja para mais nenhum tipo de cargo.

Divulgue, para que Edson Portilho não se eleja para mais nenhum tipo de cargo.

Em pleno século XXI temos que deparar com tal atrocidade e uma ignorância tremenda...até quando aceitaremos pessoas nesse nível em nosso país , sendo este, colocando projetos de lei que defende a tortura e o sacrificio de animais, sendo que a (Lei nº 9.605/98), na qual o legislador inseriu um dispositivo específico sobre crueldade para com animais, sua prática passou a ser considerada delituosa. É que o artigo 32 § 1o do diploma jurídico ambiental incrimina "quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos", cominando aos infratores pena de três meses a um ano de detenção, além de multa, sem prejuízo da respectiva sanção pecuniária administrativa. Mencionado dispositivo ajusta-se perfeitamente ao mandamento supremo expresso no artigo 225, § 1º, VII, da Constituição Federal, em que o legislador houve por bem vedar as práticas que submetam animais à crueldade: "Incumbe ao Poder Público proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção das espécies ou submetam os animais à crueldade".
Vamos colaborar , divulguem!

4 comentários:

Aujudando Aumigos disse...

Milene:

Perdi a fala... e depois chamamos uma pessoa dessa de ser humano?!!
Não existe nada que possamos fazer contra isso???
Um beijo

Ana

Pepi e Xixo disse...

Obrigada pela visitinha
Tenha uma ótima semaninha
Lambeijos e Ronrons
Pepi e Xixo

Pepi e Xixo disse...

Lindo vídeo!!
Amamos
Lambeijos e Ronrons
Pepi e Xixo

GRAÇA disse...

Miuamiaumiau, eu sou a Kika uma gatinha muito amada e feliz, gosto muito de ter amigos e a minha dona diz que eu falo muito com ela ,tem que ir aprender a falar gati para termos conversas mais longas
Queres me conhecer?
Então vem ao meu blog...
Ronrons
Kika